temas

Mesa Redonda e papo reto: como foi a palestra dos blogueiros associados da ABBV no II Salão do Turismo da Bahia

16/abr/2013

Por Clarissa Donda |

Foram 8 blogueiros, de 6 blogs diferentes, vindos de cidades distintas para um destino só: Salvador. O motivo foi atender ao convite da Bahiatursa e do Secretário de Turismo da Bahia para palestrar na mesa redonda no II Salão do Turismo da Bahia, realizado nos últimos dias 11 a 14 de abril. O assunto em pauta era tudo o que a gente gosta, entende e aprende todo dia: blogs, redes sociais e destinos turísticos.

Teve de tudo um pouco: mesa redonda, almoço, passeio sobre a feira – com destaque para a bela maquete do Estado da Bahia, montada sob um piso envidraçado, de onde se podia caminhar por uma Itapuã com Vinícius de Morais, montanhistas na Chapada Diamantina e uma Iemanjá recebendo oferendas ali, em Salvador mesmo. E muita conversa sobre turismo e blogs, que foram a tônica do primeiro dia. E que a gente conta melhor aqui.

Uma das grandes atrações: a maquete sobre a qual podíamos andar!

A palestra da manhã: “Mídias Sociais e Destinos Turísticos: Desafios e Oportunidades”,

A participação dos associados da ABBV começou no dia 11 de abril, às 11:00hs, com a mesa redonda “Mídias Sociais e Destinos Turísticos: Desafios e Oportunidades”, que contou com a presença do Diretor de Produtos e Destinos da Embratur, Marco Antônio Lomanto; do CEO da empresa Equilibra Digital,  Pedro Cordier;  e minha, como jornalista e blogueira. A mesa foi moderada pelo jornalista e pesquisador Yuri Almeida, da UFBa.

A plateia do Núcleo do Conhecimento dessa manhã reuniu jovens profissionais e estudantes de turismo, bem como profissionais que acabaram de assumir a responsabilidade de promover as diversas secretarias municipais espalhadas pela Bahia e que buscavam na palestra um cenário do trabalho que existe hoje do turismo nas redes sociais e como utilizar essas ferramentas da melhor forma possível. Por isso, talvez, que a principal energia que pairava nesta sala era a curiosidade típica do aprendizado: afinal, mesmo com uma plateia cheia de usuários das redes – prova da unanimidade das mãos levantadas durante a pergunta “Quem aqui tem Facebook?” – as perguntas e anotações mostravam o dilema de como adaptar as estratégias e possibilidades das redes para uma realidade das assessorias de comunicação que dispõem de muita informação, pouca equipe e menos tempo ainda.

Por isso, digamos que o Núcleo do Conhecimento do II Salão do Turismo Baiano tinha como objetivo juntar a faca e o queijo na mesma mão. Segundo Mag Magnavita, da Bahiatursa e uma das responsáveis por esse salão e por trazer os convidados, a proposta era apresentar para o público do Salão, formado em sua maioria por estudantes, profissionais, pequenos empreendedores e curiosos do segmento do turismo um cenário amplo das possibilidades de divulgação de seus destinos através das redes sociais.

Coube ao Pedro Cordier, da agência Equilibra Digital, começar a palestra apresentando os conceitos básicos das redes sociais, seu alcance e perfil de seus usuários, para delinear o que seriam os primeiros pontos da conversa do dia. Em seguida, Marco Antônio Lomanto apresentou o que a Embratur já desenvolveu e colocou no ar – especial destaque para o site Visit Brasil – e todo o trabalho que está sendo desenvolvido para promover os destinos do nosso país. A mim, coube a responsabilidade de aliar os pontos anteriores, respectivamente os cenários e o benchmarking que já existe no mercado, e trazer para uma realidade prática. Algo que tentei fazer da melhor forma, apresentando algumas boas práticas de redes sociais aqui, outras de comunicação acolá, e onde está, nisso tudo, a interseção onde se pode fazer a diferença. O moderador Yuri Almeida complementou com a demonstração de alguns cases de sucesso já desenvolvidos no segmento de Turismo.

A palestra acabou com algumas perguntas interessadas e a chamada para o almoço – que seria bode, ao que fui informada. Não foi dessa vez que eu experimentei o prato, mas saí de lá bem satisfeita, e por outro motivo: pelo menos por parte dos palestrantes, a faca e o queijo foram entregues. Fica agora a expectativa de que, com o caloroso potencial baiano em tudo o que se relaciona a turismo, a gente veja os frutos logo, logo.

 

A palestra da tarde: Viagem.blog

Taí: o nome é bem sugestivo. A palestra da tarde tinha a tarefa nobre, nobríssima, de apresentar ao público da feira a realidade dos blogs de turismo, grandes aliados online e on time dos destinos turísticos. E que já tinha começado a um ano atrás, com uma mesa formada por um time de peso: Ricardo Freire, do Viaje na Viagem e ilustre membro de nossa diretoria;  o historiador espanhol Tony Galvez do site De Viajes a Brasil; e da britânica Alison Mcgowan, que administra o site Hidden Pousadas e sócia honorária da ABBV. Esse ano, o convite partiria direto do Secretário de Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, que convidou o Riq para moderar a mesa, formada por Sílvia Oliveira, presidenta da ABBV e responsável pelo blog Matraqueando; Natalie Soares e Fred Marvila, da Diretoria da ABBV e responsáveis pelo blog Sundaycooks; Janaína Calaça e Erik Pzado, também da diretoria e responsáveis pelo blog Jeguiando; Rapha Aretakis, associada da ABBV e que é as mãos e o cérebro por trás do blog Rapha no Mundo. E yo, feliz com a honra de ser convidada a me juntar ao grupo.

Foto tirada pelo Erick Araújo do Blog Jeguiando

 A conversa aconteceu na sala Menininha do Gantois, do Centro de Convenções de Salvador, para uma platéia de profissionais do segmento – e até do Secretário de Turismo de Sergipe, que também colaborou com a discussão. E com uma mesa de nome tão sugestivo – e amplo em ideias e argumentos –, a melhor forma de começar a explicar o universo dos blogs é dispensar as palavras. Por isso, foram as fotos que, com as palavras de Riq Freire, começaram a explicar como os blogs vem atuando e crescendo no mercado. E, cá para nós, ainda nos brindaria com a melhor definição de blog que eu ouvi até agora:

“Os blogs não são um varejo de massa. Os blogs são como uma boutique, com um público seleto e bem definido”, disse o Riq. “E os blogueiros ainda estão sempre respondendo comentários, interagindo com o leitor. Ou seja, oferecem um serviço que ainda conta com assistência técnica”.

E o papo continuou bem rico, com a apresentação da ABBV pela Sílvia Oliveira, que contou sobre a razão da sua fundação, seu perfil e papel no crescimento e trabalho de blogs e blogueiros, bem como nos conceitos de ética e transparência inerentes à atividade; além da pesquisa do perfil de leitor dos blogs. Contribuições especiais da Janaína Calaça, Erik. Natalie, Raphaela, Fred e eu completaram as experiências entre boas relações com secretarias de turismo no Brasil e mundo afora e, sobretudo, no potencial que existe à nossa frente (blogueiros, empresas, poder público) de se realizar um trabalho em conjunto em que o turismo só tem a ganhar.

A palestra em si não poderia ter sido mais baiana: multifacetada, calorosa e boa para apimentar as ideias. Tipo do papo que termina entre um “Obrigado pelo convite” e um “Conte conosco”, ditos genuinamente de ambas as partes. Um aquecimento mais do que bem vindo para as possibilidades que prometem chegar com a WTM para os blogs que fazem a lição de casa.

Foto: Elevador Lacerda (Elton Petrúcio | Stock Xchng)

________________________

Clarissa Donda | Jornalista e blogueira, responsável pelo blog Dondeando por aí… e co-autora junto com Janaína Calaça, do livro “Papo de Viagem & Outras Histórias de Bar”, lançado em Salvador na quinta feira dia 11, durante o II Salão de Turismo da Bahia.

Facebook Twitter Plusone

Comentários

  1. 22 abr, 2013

    Primeiro quero parabenizar a todos mais uma vez pelo trabalho desta associação. Segundo, em se trantando de salvador, tudo o que for platado nesta cidade, sempre sai bons frutos. Por isso acho que as idéias estão surgindo e os blogueiros de viagem vai se tornar cada vez mais importante para viajantes, turistas e os diversos setores que fazem o funcionar o trade de viagens do Brasil. A partir de Nova York, vamos trabalhar para sempre trazer boas dicas da cidade para o turista brasileiro, chegando por aqui.

    Responder

Deixe seu comentário:





Comentários