temas

Entrevista da Semana | Mil e Uma Viagens

20/set/2015

Queremos que você descubra um pouco mais da história de cada um dos associados da ABBV e viaje melhor com as dicas bacanas que todos têm para oferecer! Na entrevista dessa semana você vai conhecer a blogueira Dalila Ali Barakat do Blog Mil e Uma Viagens.

deserto-egito1. O que levou você a escrever um blog de viagens? E porque escolheu este nome?

Desde pequena viajo bastante e meus amigos sempre me perguntaram sobre os destinos viajados, como são, o que se tem para fazer lá, como é a cultura do povo e como eles vivem. Como costumo ir muito ao Oriente Médio, principalmente ao Líbano, que é o país de origem dos meus pais, onde temos casa, carros, família e muitos amigos (ou primos, como chamamos os mais próximos), as pessoas sempre me perguntam: “Nossa, mas não é perigoso lá? E a guerra? Você tem que andar sempre coberta?” Então, para desmistificar isso tudo eu resolvi criar o blog e contar para o Ocidente um pouco do Oriente.

O nome Mil e Uma Viagens é para fazer uma referência à temática árabe, como analogia ao Mil e Uma Noites.

2. Qual é o seu perfil como viajante, o que você busca quando pega a estrada?

Como viajante busco conforto e luxo, sempre que possível. O estilo das viagens que gosto mais são aquelas místicas e históricas, como Egito, Machu Pichu, Camboja, Tibet, e também viagens de aventura. Procuro sempre praticar algum esporte diferente nas minhas viagens. Nem que seja andar de camelo.

3. Destaque três posts de que você mais gosta e conte-nos o porquê.

1) Guia do Líbano => Nesse post eu compilei todos os artigos que fiz sobre o Líbano e algumas de suas belíssimas cidades.

2) O caminho de Santiago de Compostela => Neste post a gente conta sobre o sentimento de percorrer o Caminho de Santiago e damos várias dicas das diversas formas de fazê-lo, seja caminhando, seja de bicicleta ou intercalando com carro, ou seja, mostramos que é possível para todos.

3) Entrevista Mil e Uma Viagens no programa Show + => Aqui eu linkei o vídeo da entrevista que concedi ao programa Show +. Gostei muito de ter dado essa entrevista ao Dárcio Arruda pois além de muito simpático e divertido, o que fez o programa fluir naturalmente, eu pude divulgar meu novo trabalho em Consultoria de Viagens e Roteiros Personalizados, iniciado em janeiro de 2015.

4. Qual dos destinos já publicados no blog virou campeão de audiência?

Os dois campeões são um sobre o Povo Libanês e sua Cultura e outro sobre uma das praias mais baladas de Ibiza, a Playa d’en Bossa.

arraial-rj

5. Na sua opinião, qual é o grande diferencial do seu blog?

Os destinos e o estilo de viagem que eu e meus colaboradores fazemos é um dos diferenciais e acredito que os reviews de hotéis e de restaurantes sejam também um diferencial, pois estes posts costumam ter bastante acesso.

6. Quando escreve um post você se preocupa com o leitor, com a audiência, com o Google ou fica focado no simples prazer de relatar e compartilhar?

Confesso que no começo, por não conhecer muito bem esse ambiente da blogosfera, eu estava focada apenas no prazer e no sentimento de relatar e compartilhar as dicas e histórias das minhas viagens. Com o tempo, passei a buscar as melhores formas de atrair o leitor, afinal, se você não tiver um título atraente, por exemplo, por mais que seu conteúdo e fotos sejam incríveis, o leitor não irá nem abrir o post. Portanto, hoje, eu busco equilibrar todos esses itens juntos: o prazer de contar e compartilhar, o cuidado em buscar entender o que o leitor realmente quer saber e, claro, a posição no google, afinal, ninguém faz um site para não ser visto. Todo mundo gostaria de estar um dia na primeira página do todo poderoso, Sr. Google. Seria a prova de um sucesso na internet! 😉

7. Como você cultiva sua comunidade de leitores, qual é sua relação com eles?

Através das redes sociais, principalmente o Instagram é onde mais me comunico com eles.

8. Por que você resolveu se associar à ABBV?

Sempre ouvi falar da seriedade da ABBV, tanto para aceitar os associados como para mantê-los, portanto, fazer parte dessa associação para mim, hoje, é uma honra. Além disso, é sempre bom conhecer e trocar figurinhas com outros blogueiros.

9. Conte um mico ou perrengue de viagem?

Perrengue eu nunca passei. Costumo dizer que basta você estar de coração, sorriso e olhos bem abertos que tudo fluirá muito bem. Comigo sempre foi assim.

Mas micos eu já passei. Afinal, nem todas as culturas, regras e leis conhecemos tão bem.

Tenho um post no blog onde conto vários micos, mas vou contar um deles aqui para vocês:

Em 2006 passei uma temporada na Europa. Certo dia fui até Bruges, na Bélgica, para encontrar umas amigas que lá estavam. Passei o dia todo procurando por elas e nada, cheguei até a me hospedar em um albergue (onde elas disseram que estariam) pela primeira vez na minha vida. Bom, quando já era noite, após ter rodado toda a cidade e me encantado com cada esquina da chamada Veneza do Norte, parei para comer algo.

Uma das comidas típicas naquela região são os cones de batata. Vi uma barraquinha na rua, ali no centro da cidade, vendendo os tais cones e pedi por some french fries para o vendedor. Apesar de eu saber que estava em uma região em que se falava flemish (ou francês belga)- como eu não falava essa língua na época- optei pelo univeral inglês. E é assim que nós aprendemos no Brasil a falar batata frita, concordam? French Fries!

Bom, o vendedor respondeu que eles não tinham batata frita e eu disse que era claro que eles tinham. Aliás, eles só tinham isso na barraca. O vendedor insistiu que eles não tinham french fries então eu apontei e disse: E como é que se chama aquilo?

O vendedor, rindo (da minha cara) com o seu colega de trabalho disse que o nome lá era belgian fries. Eu ri com eles, mais de vergonha do que qualquer outra coisa, pedi desculpas e levei as batatas mesmo sem graça. Eles sabiam do que eu estava falando e não venderam por implicância, já que existe uma eterna rixa entre a Bélgica e a França.

As minhas amigas eu fui encontrar apenas no dia seguinte, no café da manhã, pois justo naquele dia elas tinham ido conhecer a capital, Bruxelas.

A história do mico já acabou mas gostaria de contar para vocês como terminou esse meu dia. Após ter rodado a cidade inteira sozinha e, como disse acima, me encantando e muito com ela, e após ter jantado batatas fritas no cone, eu de repente vi uma galera se aglomerando ali no centro histórico próximo à catedral. A cada instante mais e mais pessoas, me aproximei deles e vi um palco. Então perguntei (em inglês. rs): o que está acontecendo aqui? Quando me respondem que ia começar o show dos ORISHAS! – What? Orishas? Aqui? Ao vivo? Ou seria uma banda cover? O gringo não entendeu essa minha última pergunta, acho que não existe banda cover lá. Eu esperei para conferir e eram eles mesmos, brindando meu dia com chave de ouro, show ao vivo, open air e de graça de uma das bandas mais bacanas da história. 😀

10. Qual sua meta 2015 para o blog?

Torná-lo conhecido internacionalmente, aumentar os acessos para poder atrair publicidade e, o principal, manter uma qualidade cada vez maior de dicas para meus leitores.

lagosta-Panama

Você acabou de conhecer a Blogueira, Social Media e Consultora de Viagens Dalila Ali Barakat do Blog Mil e Uma Viagens.

Favorite já | Mil e Uma Viagens

Siga Mil e Uma Viagens no twitter: @1001Trips

Curta Mil e Uma Viagens no Facebook: Mil e Uma Viagens

Siga Mil e Uma Viagens no Instagram: @1001Trips

No Snapchat: @mileumaviagens

E Youtube: barakatdalila

________________

Fotos: Mil e Uma Viagens

________________

Veja aqui as entrevistas anteriores com os Associados ABBV!

Facebook Twitter Plusone

Comentários

  1. 1 out, 2015

    Meus queridos, AMEI a entrevista.

    Muito obrigada pela oportunidade de divulgar um pouco mais meu trabalho.

    Gostaria de pedir a gentileza de atualizarem meu instagram que, por ter atingido um dos meus objetivos citados acima, ser reconhecida internacionalmente, acabei mudando de “mileumaviagens” para: @1001trips e, se possível, de incluir a conta do snapchat:@mileumaviagens e do youtube: https://www.youtube.com/channel/UCwh7lvp9skPJQTnvwuQP1jA 🙂

    Muitíssimo obrigada.

    Abraço em todos,

    Dalila Barakat.

    Responder

  2. 10 nov, 2015
    Duda

    Muito boa a entrevista!
    Quem conhece a Dali sabe o quão inteligente e divertida ela é. Do simples ao sofisticado, lá está ela!
    Parabéns!
    Sucesso!

    Responder

Deixe seu comentário:





Comentários