Publicado em

Tendências do turismo: que tipos de viagem estão em alta em 2018?

BY: ABBV0 COMMENTS CATEGORY: Dados do setor

O comportamento dos viajantes acompanha uma série de tendências sociais, de consumo e de informação. Para blogs de viagem e empresas do setor de turismo, é interessante acompanhar a evolução dos hábitos e prioridades do público.

A 4ª edição da pesquisa de mercado divulgada pela Momondo oferece informações valiosas para compreender o cenário do turismo em 2018.

1. Destinos inexplorados

Enquanto destinos tradicionais e famosos, como Veneza e Barcelona, estão enfrentando a superlotação de turistas, cidades menos concorridas e mais baratas têm encantado os viajantes, como Sevilha e Valência, locais históricos e culturalmente importantes para a Espanha.

2. Turismo Culinário Autêntico

Em 2017, a tendência era procurar por "comidas bonitas", que pudessem facilmente gerar curtidas no Instagram. Para isso, as pessoas comiam nos restaurantes mais renomados do mundo. Agora, o que está ganhando espaço é a busca por uma gastronomia mais econômica e autêntica. Aumentam a popularidade de mercados, restaurantes mais informais e sites como EatWith e Meal Sharing, que são o "Airbnb da gastronomia" e oferecem a chance de compartilhar uma refeição com moradores locais.

3. Grandes jornadas

Está crescendo o turismo como uma experiência de auto conhecimento e superação. Há uma onda de viajantes que, em vez de buscar destinos tradicionais, estão preferindo experiências de imersão e atividades mais desafiadoras como completar a maratona de Nova York, escalar o Monte Kilimanjaro e percorrer o Caminho de Santiago de Compostela.

4. Bleisure: trabalhar e turistar

O nomadismo digital, os negócios globais e a busca por equilíbrio entre a vida pessoal e a rotina profissional estão mudando a forma como as pessoas encaram as viagens a trabalho. As estadias estão se tornando um pouco mais longas e os roteiros estão sendo repensados para incluir mais atividades de lazer entre um compromisso e outro. Isso é uma grande oportunidade para redescobrir cidades que eram conhecidas apenas por seus centros financeiros e industriais - como Detroit, nos Estados Unidos, que tem investido em novos espaços culturais e restaurantes.

5. Hotéis com foco nos espaços comuns

Os albergues tiveram um salto de qualidade na última década e se tornaram alternativas interessantes para viajantes que não necessariamente fazem o estilo "mochilão". Agora, os hotéis parecem estar respondendo com a criação de espaços amplos para a convivência, que eram características diferenciais dos albergues. O investimento está de acordo com o que os viajantes atuais esperam: conhecer pessoas novas.

6. Viagem multigeracional

O turismo em família não é uma novidade, mas o que se percebe agora é o aumento das viagens multigeracionais. Não se trata apenas dos pais viajando com os filhos, mas também os avós com os netos, ou tios e primos de diferentes idades. Na hora de escolher o destino, entram em cena a acessibilidade e a oferta de atividades em grupo e opções ecléticas.

7. Turismo consciente

Sustentabilidade é uma temática em alta no mundo todo, e os viajantes de hoje estão refletindo sobre os impactos de sua viagem. Eles têm buscado destinos "eco-friendly" e produtos orgânicos, mas também maneiras de incentivar a economia local, adquirindo bens em pequenos comércios.

Com informações da Agência Italiana de Notícias (ANSA).

Publicado em Dados do setor Tags ,

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.