Publicado em

Consumidores querem mais experiências, menos coisas (e estão dispostos a gastar mais com viagens)

BY: Fernanda Castelo Branco0 COMMENTS CATEGORY: Dados do setor, WTM Latin America

Por Fernanda Castelo Branco | Blog Vontade de Viajar

A empresa de pesquisa Euromonitor divulgou o relatório apresentado pela executiva Marília Borges na WTM Latin America. De acordo com os dados do relatório, 37% dos latino-americanos pretendem aumentar os gastos com viagens de lazer e férias em 2018. Esta é a maior taxa de resposta em todas as regiões do mundo e está também acima da taxa de resposta global de 29%.

O ponto mais interessante da pesquisa é que a disposição em gastar mais com viagens está associada com a consolidação de um novo padrão de comportamento de consumo, que indica que as pessoas estão mais interessadas em experiências do que em coisas. A mesma pesquisa aponta, por exemplo, que 70% dos consumidores latino-americanos estão em busca de uma vida mais simples e prática.

Euromonitor - Turismo na America Latina

Busca por mais experiência de viagens e menos bens materiais

Em 2016, 36% dos consumidores globais indicaram preferir gastar seu dinheiro em experiências, em vez de bens materiais, e a expectativa é de que esse comportamento se acentue ao longo de toda a próxima década. Em todo o mundo, os gastos dos consumidores com experiências devem aumentar de USD 5,8 trilhões em 2016 para USD 8,0 trilhões em 2030, tendo em vista serviços de lazer, recreação, viagens e alimentação.

A tendência da valorização da experiência vem sendo observada nas pesquisas da Euromonitor desde a Grande Recessão de 2008/2009 e é um fenômeno verdadeiramente global, que se reflete entre todos os setores, produtos e serviços.

Euromonitor - Tendencia Experience More

Turismo com foco em experiências locais e autênticas

No turismo, as empresas estão buscando soluções tecnológicas para oferecer ao viajante a capacidade de aproveitar ao máximo sua experiência de viagem. Mas também estão apostando na comunicação de posicionamentos de marca mais associados a estilo de vida.

Junto com a busca por experiências surgiu um movimento crescente de valorização da autenticidade. Empresas que trabalham com o apelo de experiências locais, como o Airbnb, tiveram um bom desempenho, formando com seus usuários uma relação de comunidade baseada em valores e interesses compartilhados.

Euromonitor - Turismo de experiencia

Segundo a pesquisadora Marília Borges, o hábito de priorizar experiências em vez de coisas materiais está relacionado com uma maior inclinação para marcas com as quais o consumidor sinta que consegue se engajar – no sentido de ter uma experiência vista como autêntica e customizada.

O relatório “The Consumers’ Search for Travel Experiences” apresentado na WTM Latin America 2018 também oferece uma visão geral do cenário de turismo na região, incluindo um ranking dos destinos que têm se destacado. O documento completo está disponível para download no site oficial do evento.

Publicado em Dados do setor, WTM Latin America Tags , ,

Deixe um comentário