Publicado em

Férias acessíveis: o perfil do viajante de classe média no Brasil

BY: ABBV0 COMMENTS CATEGORY: Dados do setor

Mesmo em um cenário de crise no Brasil, viagens continuam sendo a principal atividade para 77% dos brasileiros de classe média durante as férias. É o que aponta o estudo realizado pela ID Rock com a Opinion Box divulgado em junho.

Os maiores desejos dos brasileiros durante as férias são descansar (42%) e aproveitar o tempo em programas com a família (30%). O perfil desbravador de viajante que quer conhecer lugares e culturas diferentes aparece em terceiro lugar (20%).

A maior parte dos participantes da pesquisa sente que só não viaja mais por falta de dinheiro. Mas, para equilibrar o orçamento das férias, eles optam por opções de lazer acessíveis, como a procura por destinos de viagem dentro do estado onde moram (50%).

O gasto médio nas últimas férias ficou entre R$ 1.000 e R$ 2.500 para a maioria dos entrevistados. O transporte é apontado como o maior gasto da viagem, representando entre 20 a 39% do orçamento, enquanto hospedagem e alimentação aparecem em segundo lugar nas despesas, variando entre 20 a 29% do orçamento.

O pagamento à vista e o planejamento com antecedência também são parte do esforço para sair de férias sem dívidas – 23% dos entrevistados planeja a viagem com antecedência de 3 a 5 meses, e outros 26% com antecedência de 6 a 12 meses.

Apesar do crescimento da demanda por plataformas de aluguel por temporada (12%), os hotéis (28%) e pousadas (26%) ainda são as hospedagens preferidas.

Na hora de escolher o destino da viagem de férias, os sites de viagem são a segunda principal fonte de informações, atrás apenas das indicações de parentes e amigos. As avaliações feitas em redes sociais por outros viajantes são o terceiro fator de maior influência na escolha.

A pesquisa foi realizada pela ID Rock com a Opinion Box em abril de 2018, através de formulário online com 2.175 pessoas de todo o Brasil. As faixas de renda predominantes entre os participantes eram de 2 a 5 salários mínimos (70%) e 5 a 10 salários mínimos (13%).

Os dados completos da pesquisa podem ser adquiridos pelo site Pesquisas.com.br

Publicado em Dados do setor Tags , ,

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.